Atualmente, com a onda das dietas ricas em proteínas, se tornou comum ouvir sobre os malefícios da ingestão excessiva de carboidratos, mas por que o excesso faz tão mal e quais são os benefícios do seu consumo?

Estruturalmente, as moléculas de carboidrato são relativamente pequenas e, por isso, são facilmente quebradas na digestão, transformando-se em glicose e outros componentes. A glicose é responsável por gerar energia para o organismo e, por esse motivo, os carboidratos proporcionam um pico energético rápido e são importantes para manter uma alimentação saudável e balanceada.

Entretanto, quando consumidos em excesso, os carboidratos são armazenados no organismo em forma de gordura para serem usados como fonte energética em situações de necessidade. Com isso, acabam aumentando a quantidade de gordura corporal, que se torna uma reserva.

Além disso, como são digeridos rapidamente, fazem com que a sensação de saciedade passe logo, ao contrário das proteínas, que são mais difíceis de serem quebradas na digestão. Assim, o consumo de carboidratos deve mesmo ser reduzido em dietas para perder peso.

Porém, para quem mantém um nível regular de atividades físicas, a ingestão de carboidratos é importante para proporcionar a quantidade de energia necessária para a prática de exercícios. Quando a energia produzida é muito menor do que a gasta, isso pode levar a desmaios, perda de peso excessiva e outras complicações para a saúde.

Tudo se resume ao estilo de vida de cada um. Para alguns, comer um prato de macarronada pode ser aconselhável antes de fazer exercícios, praticar esportes ou participar de uma corrida.

Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestShare on Google+Email this to someone