A cãibra é uma contração involuntária e dolorosa dos músculos e, apesar de ser um problema comum, qualquer dor é um reflexo de que algo não está funcionando bem em nosso organismo. Embora ainda existam dúvidas sobre as suas causas, algumas teorias  sugerem que a cãibra represente um desequilíbrio hidroeletrolítico (ou seja, a falta de água e eletrólitos, geralmente perdidos durante o exercício físico) e algumas medidas simples, como uma dieta balanceada e alongamento antes dos exercícios, previnem o incômodo das fisgadas repentinas.

Como a cãibra é um sinal da necessidade de repor água e sais minerais (potássio e sódio, por exemplo) a sua incidência é muito comum durante ou após a prática de exercícios físicos ou mesmo após grandes períodos em pé. Quando ocorre durante a noite, pode ser um reflexo do relaxamento brusco após períodos de contração ou apenas um aviso do corpo, que percebeu a necessidade de repor os nutrientes em determinada área.

Portanto, o consumo de alimentos ricos em magnésio, potássio, sódio e cálcio pode ajudar a evitar o surgimento de cãibras. A banana é conhecida por ser uma ótima fonte de potássio, mas pode ser que, sozinha, não consiga manter o equilíbrio hidroeletrolítico. Outros alimentos ricos em sais minerais são:

  • Oleaginosas (amêndoas, avelã, castanha-do-Pará, amendoim, soja);
  • Abacate;
  • Cenoura;
  • Agrião;
  • Leite e seus derivados;
  • Beterraba, entre outros.

Além disso, o consumo diário de água é essencial para manter o organismo funcionando e, caso sinta dor, o melhor remédio é alongar para estimular a circulação.

 

Para quem se preocupa com o bom funcionamento do corpo.

be Onofre, be Complete

Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestShare on Google+Email this to someone