No período das férias escolares é comum as crianças mudarem a rotina: acordar mais tarde e, consequentemente, dormir mais tarde. Os horários das refeições, muitas vezes, também são afetados e assim por diante. No entanto, manter uma rotina é saudável e uma boa noite de sono é fundamental para o desenvolvimento físico e mental dos pequenos.

Por isso, selecionamos para você, mamãe, 10 dicas que vão ajudá-la a melhorar a qualidade do sono dos seus filhos. Confira:

  1. Diminua a exposição a aparelhos eletrônicos como TV, Tablets e celulares antes de dormir. Eles emitem uma luz azul que diminui a produção de melatonina, hormônio que ajuda a adormecer;
  2. Crie um ritual de sono, que pode incluir um banho, leite e leitura;
  3. Deixe o ambiente totalmente escuro, com temperatura agradável;
  4. Os chamados ruídos brancos (som de cachoeira e de mar, por exemplo) ajudam no relaxamento. O ideal é desligá-los 15 a 20 minutos depois que a criança adormecer;
  5. Controle as sonecas – O sono da tarde é muito importante para o desenvolvimento do seu filho. Mas, como tudo na vida, precisa do equilíbrio. Ele deve ser moderado para que a criança não troque o dia pela noite;
  6. Estabeleça uma rotina – É ela quem dá ritmo ao nosso relógio biológico. Quando a estipulamos, com horário certo para comer e repousar, fornecemos um andamento ao organismo. São essas escolhas que ajudam no processo de adormecer, pois condicionamos o corpo que aquele é o horário em que os hormônios do sono devem atuar;
  7. Dar o exemplo – Não são só as crianças que precisam adequar o horário durante as férias, os adultos também! Para facilitar as coisas, os pais podem dar o exemplo e participar da rotina dos filhos. Isso também vai ajudar no período da volta às aulas;
  8. Alimentação certa – Alimentos com muito açúcar podem deixar a criança agitada ou aumentar muito o pico de glicose no sangue, proporcionando mais energia e impedindo o sono. O ideal é oferecer comidas leves e de fácil digestão na hora do jantar;
  9. Para tornar a hora do sono mais prazerosa e divertida, os pais podem incluir objetos lúdicos. Vale tudo: pijamas divertidos, pantufas (aproveitando o inverno) ou roupas de cama inspiradas em heróis. Ou mesmo fazer atividades conjuntas que lidem com o imaginário das crianças, como jogo de sombras;
  10. E, finalmente, sem gritaria. Não adianta gritar ou discutir com os filhos para que eles durmam mais cedo. Esse tipo de situação só dificulta e cria uma atmosfera nada saudável para o desenvolvimento emocional das crianças. O melhor a fazer é colocar todas as dicas em prática e entrar na rotina.

Fontes: Portais Viva Saúde e Pais&Filhos

Tweet about this on TwitterShare on FacebookPin on PinterestShare on Google+Email this to someone